Frente contra Escola Sem Partido será lançada nesta quarta (13/07) no RJ

Publicado por: Mário Júnior | 12 de julho de 2016 - 10:19pm
midiasite002-001grande
Chegou a hora! Nesta quarta-feira, 13 de julho, será lançada a Frente Nacional contra o Projeto Escola Sem Partido, que aglutina centrais sindicais, sindicatos, partidos políticos e mandatos de esquerda, movimentos sociais, estudantis e populares em torno da luta contra a censura e a liberdade de opinião nos estabelecimentos de ensino. O lançamento acontecerá das 9h30min às 13 horas, no auditório do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da UFRJ – situado no Largo São Francisco de Paula, nº 1, Centro, Rio de Janeiro-RJ.

 

O início
A ideia de se construir essa Frente surgiu no II Encontro Nacional de Educação (ENE), quando foi aprovada por aclamação, em votação simbólica, a sua construção, durante o painel temático do Sinasefe que debateu justamente este tema.

 

Hora do lançamento
Agora, 23 dias após o painel (realizado em 18/06) e com uma reunião preliminar do grupo já feita (em 07/07), chegou a hora do movimento ser lançado oficialmente e se jogar às ruas na disputa por corações e mentes que defendam a educação pública de qualidade e se coloquem contra o retrocesso representado pelo Escola Sem Partido.

 

Definições
O nome oficial da Frente, a construção de um site, perfis de redes sociais e materiais de propaganda e agitação começarão a ser articuladas entre as entidades partir do lançamento desta quarta-feira (13/07).

 

Onde acompanhar
A cobertura do lançamento em tempo real será divulgada na fanpage da Frente e no evento público do lançamento.

 

Manifesto
O Manifesto pelo lançamento da Frente foi lançado na última sexta-feira (08/07), após aprovação das entidades em reunião no dia anterior. Clique aqui para conferir o documento na íntegra, em formato PDF.

 

Assinaturas
As seguintes entidades e mandatos assinaram o manifesto e a convocação da Frente até o momento:

 

Centrais sindicais
CSP-CONLUTAS, CTB, CUT e INTERSINDICAL.

 

Entidades nacionais
ANDES-SN, ASFOC-SN, CNTE, CONFETAM, CONTEE, FASUBRA, FENAMETRO e SINASEFE.

 

Movimentos sociais
Campanha Nacional pelo Direito à Educação, MIEIB, MST e MTST.

 

Partidos políticos
PCB, PSOL, PSTU e PT.

 

Senadores
Lindbergh Farias-PT/RJ.

 

Deputados federais
Ana Perugini-PT/SP, Angelim-PT/AC, Benedita da Silva-PT/RJ, Chico Alencar-PSOL/RJ, Chico D’Ângelo-PT/RJ, Enio Verri-PT/PR, Erika Kokay-PT/DF, Edmilson Rodrigues-PSOL/PA, Fabiano Horta-PT/RJ, Glauber Braga-PSOL/RJ, Ivan Valente-PSOL/SP, Jandira Feghali-PCdoB/RJ, Jean Wyllys-PSOL/RJ, Luiz Sérgio-PT/RJ, Luiza Erundina-PSOL/SP, Marcon-PT/RS, Margarida Salomão-PT/MG, Maria do Rosário-PT/RS, Moema Gramacho-PT/BA, Padre João-PT/MG, Pedro Uczai-PT/SC e Wadih Damous-PT/RJ.

 

Deputados distritais e estaduais
Carlos Giannazi-PSOL/SP, Carlos Minc-Sem Partido/RJ, Chico Vigilante-PT/DF, Flávio Serafini-PSOL/RJ, Luciane Carminati-PT/SC, Marcelo Freixo-PSOL/RJ, Pedro Ruas-PSOL/RS, Rosangela Zeidan-PT/RJ e Waldeck Carneiro-PT/RJ.

 

Vereadores
Amanda Gurgel-PSTU/Natal, Fernanda Melchiona-PSOL/Porto Alegre, Hilton Coelho-PSOL/Salvador, Leonardo Giordano-PCdoB/Niterói, Leonel Brizola Neto-PSOL/RJ, Paulo Eduardo-PSOL/Niterói, Professor Alex Fraga-PSOL/Porto Alegre, Reimont-PT/Rio de Janeiro, Renato Cinco-PSOL/Rio de Janeiro e Toninho Vespoli-PSOL/São Paulo.

 

Prefeitos
Washington Quaquá-PT/Maricá.

 

Entidades estudantis
AERJ, AMES-BH, AMES-Rio, AMES-Teresina, ANEL, APES-PB, CABIO-FFP, CACIS-UERJ, CAGEO-FFP, CAHIS-UERJ, CAHIS-UFF, CAHIS-FFP, CALET-FFP, CAPS-UERJ, DCE-UENF, DCE-UERJ, DCE-UFRGS, DCE-UFRJ, DCE-USP, ENEFI, FENET, UBES, UEDC, UEES-RJ, UESB-PA, UESDF, UESPE, UESP-RN, UMES-OP, UNE e USEA.

 

Sindicatos, Movimentos, Coletivos e outras organizações
ABRAFH, ADUFF, ADUFCG, ADUFPB, ADUNIRIO, Alicerce, AGB-DEN, ANFOPE-RJ, ANPAE-RJ, ANPUH-RJ, APP SINDICATO, ASSINES, Associação Nacional pela Formação de Profissionais da Educação, Articulação de Mulheres Brasileiras, Bloco de Resistência Socialista – Sindical e Popular, Blog marxismo21.org, Braços Dados, Brigadas Populares, Campo Nacional de Juventude Pajeú, CANDACES, Casa da Juventude, Cia. Teatro de Roda, Cia. Teatro Vírgula, Coletivo Articulação Popular, Coletivo Cláudia Silva, Coletivo da Ensaio Aberto, Coletivo de Educação Florestan Fernandes, Coletivo Ensaio Aberto, Coletivo Exquisite, Coletivo Nacional Advogadxs Pela Democracia, Coletivo Resistir-UNIRIO, Comando de Greve-UERJ, COMFESU, Comitê pela Legalidade – Câmara dos Deputados, Comitê Pró-Democracia – Congresso Nacional, Comitê UNIRIO contra o Golpe, Comuna Rubro-Negra, Conselho Regional de Serviço Social do Estado do Rio de Janeiro, Conselho Social do Mandato do Deputado Federal Jean Wyllys-PSOL/RJ, CORDEL-UFPB, CultMidia, Esquerda Alvinegra, FETEERJ, Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, Fórum Estadual de Educação-RJ, Frente Ampla de Trabalhadoras e Trabalhadores do Serviço Público pela Democracia, Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde, Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social, JPT, Juntos!, Juventude da Articulação de Esquerda, KOINONIA, LBL, Lésbitoca, Levante Popular da Juventude, Marcha Mundial das Mulheres, Movimento Axé Pela Democracia, Movimento Contestação, Movimento Kizomba, Movimento Nacional Quilombo, Raça e Classe, Mulheres Pela Democracia, NOS – Nova Organização Socialista, Núcleo Popular Paulo Freire, Ocupa MinC-Porto Alegre, Ocupa MinC-RJ, Ocupa MinC-SC, Ocupa SUS-RJ, Pólo Comunista Luiz Carlos Prestes, Rede Emancipa – Movimento Social de Educação Popular, Representação Discente PROPED-UERJ, Resistência e Luta, RUA – Juventude Anticapitalista, SBAT, SEPE-RJ, SERPAJ, SESDUF-RR, SESISIFPI, SESSEV, SINASEFE CATU, SINASEFE CMR, SINASEFE IFBA, SINASEFE IF BAIANO, SINASEFE IF FLUMINENSE, SINASEFE IFMG, SINASEFE IFPR, SINASEFE IFSC, SINASEFE IFSP, SINASEFE IF SUL, SINASEFE JATAÍ, SINASEFE MUZAMBINHO, SINASEFE MANAUS, SINASEFE SANTA INÊS, SINASEFE UBERLÂNDIA, SINASEFE URUTAÍ, SINDCONTAS-SC, Sindicato Químicos Unificados, SINDPSI-RJ, SINDPREVS-SC, SINDSAÚDE-SC, SINDSCOPE, Sindicato dos Economistas-RJ, SINDIPETRO-NF, SINDIPETRO-RJ, SINPRO-DF, SINPRO-LAGOS, SINPRO-MACAÉ E REGIÃO, SINPRO-NITERÓI, SINPRO-NNF, SINPRO-OSASCO, SINPRO-PETRÓPOLIS, SINPRO-RJ, SINTAB, SINTEF-PB CM-CG, SINTET-UFU, SINTIETFAL, SINTIFRJ, SINTUFF-RJ, SINTUFRJ, SINTUR-RJ, Tenda Espírita Cabana de Xangô, Tricolores pela Democracia, UBM, UJC, UJR, UJS, UNEGRO, Unidade Classista, Unidade Popular pelo Socialismo e Vascomunistas.

 

Oposições
Frente de Oposição ao SINTUFRJ, Movimento de Base e Oposição Sindical Asfoc de Luta, Oposição à APLB – Educar na Luta e Oposição à Direção do SINTEP-PB.